Dança do Ventre

aula-danca-ventre-vila-mariana

As aulas de Dança do Ventre, também conhecida como Dança Oriental, têm 1h30 e seguem, na maioria das vezes, o roteiro abaixo
 

Início
Fazemos uma organização mental para colocarmos nosso corpo na postura correta e adequada à dança, além de um aquecimento físico afim de deixarmos nossos músculos, ossos e articulações prontos para receberem os movimentos da dança e uma sensibilização para que nossa alma esteja aberta e presente durante a prática que virá a seguir, deixando para fora da sala de aula o que estávamos fazendo ou o que iremos fazer após a aula.

Desenvolvimento
Na própria sensibilização, que é improvisada, aparecerão os movimentos da dança que aqui serão decodificados, passando por todos os detalhes de como fazer os passos, ou seja, a técnica. Após o ensino técnico de cada passo, eles serão colocados em pequenas sequências dentro de uma música para trabalharmos a musicalidade (ritmo e melodia) e a emenda de um passo no outro. Praticamos várias vezes essas sequências coreografadas para que o corpo absorva o movimento e a cada aula, aumentamos um pouco mais as sequências, colocando os novos passos que serão apresentados e também revendo os passos já estudados. Após essas práticas, fazemos ou um “círculo de improviso” (para as mais avançadas), onde cada aluna dança um trecho da música ou todas dançam juntas a seu a bel prazer, inserindo os passos aprendidos ou fazemos uma dança “siga o mestre” (para as mais novatas) usando os movimentos e sequências estudados junto com movimentos espontâneos que surgirão durante o improviso.

 

Final
Terminamos a aula alongando os músculos que foram mais exigidos durante a aula com o objetivo de relaxá-los, assim como preparamos a nossa mente e o nosso espírito para deixar a sala de prática com calma e tranquilidade, afim de nos prepararmos para voltar a rotina cotidiana.

 

Além desse tipo de aula que é o mais comum, temos também algumas aulas teóricas e apreciativas, que podem ser realizadas através de vídeos ou mesmo em teatros, casas de espetáculos, cinema, galerias de arte, sempre com o propósito de agregar conhecimento cultual e artístico ao conteúdo que estamos estudando.

Metodologia

As aulas são ministradas dentro de uma metodologia própria, desenvolvida pela bailarina e coordenadora do curso, Hanna Hadara. Essa metodologia é aplicada ao ensino por meio do equilíbrio da tríade corpo/mente/alma, onde os movimentos da dança são “pensados”, “sentidos” e “expressados”, utilizando para isso a consciência corporal, presente nos 3 métodos que ela denominou de:

Método Demonstrativo: É o modo de aprender pela leitura e cópia, pela imitação e repetição mecânica dos movimentos da dança. Aqui não é necessário pensar ou sentir o movimento e suas qualidades, pois ele é simplesmente observado e reproduzido. O sentido da visão se faz presente, mas a consciência mais explorada é a da ação física do movimento. Na tríade representa o expressar com o corpo físico.

 

Método Proprioceptivo: É o método cinestésico, de decodificação e codificação do movimento e de suas qualidades. Aqui precisamos pensar no trajeto, linhas, planos, direções dos movimentos; assim como quais músculos, ossos e articulações estão envolvidos; e também qual peso, tônus, intenção, fluência devemos aplicar para realizá-los. Ou seja, pensamos para fazer o movimento de forma clara, limpa e esteticamente harmoniosa. É explorada a consciência dos órgãos de sentidos e do sistema nervoso central. Assim, podemos traduzir e interpretar um mesmo movimento, de diferentes formas, de acordo com que a música nos pede. Nossa dança também se torna mais rica porque ampliamos o nosso repertório de movimentos. Na tríade representa o expressar com o corpo mental.

 

Método Criativo: É o método mais próximo do que fazem os artistas inatos, ou seja, o que permite a exploração de movimentos espontâneos, orgânicos e naturais, vindos da inspiração da alma. Para isso é necessário que a professora guie a aluna por meio de variados jogos de expressão corporal e deixe claro que aqui não existe o certo e o errado, e sim a verdadeira entrega. Devemos sentir a música para expressá-la corporalmente da forma como ela toca nossos sentimentos e emoções. A consciência aqui é intuitiva e permite que haja a comunicação do que vem do nosso mundo interior para o mundo exterior e vice-versa. E é dessa forma que doamos aquilo que de mais verdadeiro possuímos, a nossa essência. Na tríade
representa o expressar com corpo espiritual (a alma).

A Dança do Ventre é o carro-chefe da Al Qamar. O curso, idealizado, montado e desenvolvido pela bailarina Hanna Hadara, tem aulas baseadas em metodologia própria, aplicada ao ensino por meio do equilíbrio da tríade corpo/mente/alma.

Os movimentos da dança são “pensados”, “sentidos” e “expressados”, utilizando para isso a consciência corporal, presente nos métodos que ela chamou de 
DemonstrativoProprioceptivoCriativo (leia abaixo mais detalhes).

Veja horários abaixo e venha conhecer!

Divisão das turmas

São 4 níveis:  Iniciante, Básico, Intermediário e Avançado, diferenciados pela maturação da qualidade técnica dos movimentos e pela vivência adquirida pela aluna.


Não há um tempo pré-determinado para a mudança. A dança é arte e não uma ciência exata. Não podemos descaracterizá-la.

A mudança depende de vários fatores. É a professora que percebe que a aluna já evoluiu o suficiente dentro de um nível e, então, a convida a mudar para o próximo.

E assim, de forma natural, orgânica e verdadeira, a aluna desenvolve seu aprendizado na Arte da Dança do Ventre aqui na Al Qamar.

Iniciante

dia / horário / professora

Segunda-feira, 17h30 - Renata Rossito
Segunda-feira, 19h -
Renata Rossito
Segunda-feira, 20h30 - Latefah
Terça-feira, 9h30 - Karen Bueno

Terça-feira, 19h30 - Karen Bueno
Quarta-feira, 16h - Hanna Hadara
Quarta-feira, 17h - Karen Bueno

Quarta-feira, 18h30 - Latefah
Sexta-feira, 9h30 - Karen Bueno

Sexta-feira, 19h - Hanna Hadara

Sábado, 10h30 - Nesrine
Sábado, 12h30 - Karen Bueno

Sábado, 13h30 - Hanna Hadara

Sábado, 16h30 - Latefah

Básico

dia / horário / professora

Terça-feira, 21h - Karen Bueno

Quarta-feira, 14h30 - Hanna Hadara

Quinta-feira, 19h - Hanna Hadara

Sexta-feira, 17h30 - Hanna Hadara
Sábado, 10h30 - Nesrine

Sábado, 12h - Hanna Hadara
Sábado, 15h - Latefah

Intermediário

dia / horário / professora

Segunda-feira, 19h - Hanna/Latefah
Terça-feira, 19h - Hanna Hadara

Sábado, 12h - Hanna Hadara

Avançado

dia / horário / professora

Quarta-feira, 17h30 - Hanna Hadara

Atellier Coreográfico

dia / horário / professora

Quarta-feira, 20h - Latefah

Rua Domingos de Morais, 1497, Vila Mariana (sobreloja) - São Paulo / SP

alqamar@alqamar.com.br
WhatsApp (11) 99513-6516 / (11) 3578-9390 
 

By André Rossi